sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Série Frutas e Seus Benefícios: Azeitona

Hoje vou falar da Azeitona. Uma fruta muito conhecida e apreciada por muitas pessoas pelo mundo. A azeitona é o fruto da oliveira, ou azeitoneira, como é conhecido popularmente em nosso distrito.

Ela é de grande importância agrícola, pois é dela que é feito o tão famoso Azeite de Oliva. Um alimento antigo, clássico na culinária contemporânea, regular na dieta mediterrânea. O azeite além de muito benéfico a saúde, ainda dá um sabor e aroma peculiares aos alimentos.

Azeitona é um fruto surpreendente. A cada 100 gramas de azeitonas verdes (em conserva) é possível conter o seguinte:

·         Calorias: 140kcal
·         Proteínas: 1,5g
·         Gorduras: 10g
·         Vitamina A: 250 U.I.
·         Vitamina B1 (tiamina) : 10 mcg
·         Vitamina B2 (Riboflavina) : 15 mcg
·         Vitamina C : 6mg
·         Posássio: 1530mg
·         Sódio: 130mg
·         Cálcio: 100mg
·         Fósforo: 15mg
·         Silício: 6mg
·         Magnésio: 5mg
·         Cloro: 4mg
·         Ferro: 1mg

Cerca de 25% de sua composição é azeite de oliva. E como todos os óleos vegetais, não contém colesterol, sedo rico em ácidos graxos insaturados que são benéficos para incrementar os níveis de “bom colesterol” (HDL). Mas cuidado com os exageros! Mesmo sendo uma fruta muito benéfica, a azeitona contém gordura, tornando-a muito calórica. Nutricionistas recomendam consumir o fruto moderadamente como aperitivo ou acrescentá-lo a pratos com carnes, massas, saladas, etc.


Sabendo disso agora é só aproveitar a fruta e se deliciar com todos os benefícios que ela pode trazer para a saúde! Tenham um bom dia! :D

Frutas e Seus Benefícios: Amora
Frutas e Seus Benefícios: Ata

E na próxima semana estaremos falando sobre a Banana. Não percam!!!

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Entrevista com as meninas dos Curso de Cabeleireira Assistente

Nesta quarta feita (21) fiz uma breve visita às meninas do curso de cabeleireira assistente. Na ocasião, perguntei algumas coisas relacionadas ao curso a professora Ana e também para algumas alunas. Também tive a oportunidade de acompanhar um processo de colorimetria. Infelizmente, devido a problemas técnicos totalmente inesperados (e devo dizer que muito frustrantes) não exibirei o vídeo no momento, porém, tentarei resolver esse problema o mais breve possível e logo em seguida, estarei postando o vídeo aqui pra vocês ou vocês podem visitar o meu canal no Youtube clicando aqui. Lá você também pode encontrar todos os vídeos já postados aqui no site e outros também...

Mas voltando ao nosso assunto... Fiz uma pequena entrevista com a professora Ana, que me recebeu muito bem, mesmo eu chegando praticamente sem avisar. A entrevista foi rápida, mas muito proveitosa. Confiram:


Gostei muito de saber que as meninas estão progredindo no curso e espero sinceramente que elas possam montar o seu próprio negócio a partir do mesmo...

Agora, vejam algumas fotos:








Desde já agradeço a todas as meninas e a professora Ana pela recepção! :)

Série Frutas e Seus Benefícios: Ata


A fruta dessa semana possui várias identidades ao redor do Brasil e do mundo. Porém, como nosso foco é Moitas, o nome pelo qual a conhecemos é de Ata. Alguns dos outros nomes conhecidos dessa fruta são: Anona, pinheira, quaresma e os mais comuns, fruta-do-conde e pinha. A forma pela qual essa fruta é conhecida pode variar dependendo da região, porém seu nome científico é Annona Squamosa. A árvore que produz essa fruto pode alcançar o tamanho de até 6 metros de altura e é muito ramificada. Ela é muito comum em regiões de clima tropical, ou seja, não tolera temperaturas baixas.

Assim como as outras frutas anteriormente publicadas nessa série, a Ata também possui muitos nutrientes benéficos a nossa saúde. Ela contém vitaminas B1, B2, B5; rica em vitamina C, possui também sais minerais como o cálcio, fósforo, ferro, proteínas, potássio e é estimulante do apetite (ideal para crianças em fase de crescimento). Ela é uma fruta energética pois possui um alto teor de glicose.

A Ata também pode auxiliar no tratamento de anemia; há quem diga que as folhas da planta servem para câimbras, e junto as sementes torana-se um vermífugo. A fruta também é um poderoso antirreumático e antiespasmódico.

Se em depois de todos esses benefícios você quiser ter uma ateira em casa (caso ainda não tenha) isso é muito fácil de se conseguir. A semente da fruta germina facilmente aqui em Moitas. Diria até que fácil demais, pois as vezes elas começam a germinar em locais onde seriam totalmente inconvenientes como em jardins, por exemplo.

Agora, como de costume, estarei passando pra vocês uma receita que tenha como ingrediente principal a fruta em questão...
Essa é super simples!

MOUSSE DE ATA

Ingrediente:


  • 1 lata de leite condensado
  • 1 lata de creme de leite
  • 5 atas (300g cada)
  • 1 colher (sopa) de gelatina incolor em pó.

Modo de fazer:



  1. Abra as atas e retire a polpa com as sementes, sem raspar a casca.
  2. Passe a polpa em uma peneira para tirar as sementes.
  3. Coloque no liquidificador a polpa da fruta, o leite condensado, o creme de leite e a gelatina em pó.
  4. Bata por 3 minutos
  5. Coloque em uma vasilha e leve à geladeira por 30 minutos
  6. Sirva em taças.
O rendimento médio é de 6 porções.


sexta-feira, 15 de novembro de 2013

Série Frutas e Seus Benefícios: Amora

Olá pessoal! Em primeiro lugar gostaria de me desculpar por uma pequena mudança de planos feita "de última hora". Se vocês vêm acompanhando a série Frutas e Seus Benefícios, aqui no Moitas Online, deve saber que a fruta dessa semana seria a Ameixa, porém, resolvi não publicar mais sobre ela, pois, como já devem saber, essa série é para publicar as frutas encontradas aqui em Moitas, sejam elas em muita quantidade ou não. O problema da Ameixa, é que não consegui comprovar sua existência aqui nesse distrito. Por esse motivo, achei melhor não publicar sobre ela. Quem sabe futuramente, em uma outra série!

Mas chega de enrolação e vamos ao que interessa! Vamos falar hoje sobre a Amora. Uma frutinha super pequena, mas com benefícios gigantescos à nossa saúde.

Uma das coisas que você deve ficar sabendo é que as amoras são frutos agregados, ou seja, são formadas pela agregação de vários frutos menores denominados mini drupa ou drupete. Existem vários tipos de amoras e as mesmas, podem variar de cor e tamanho. Elas pode ser vermelhas, brancas ou negras, e seu tamanho pode variar de um a três centímetros, dependendo da espécie. A mais comum no nosso distrito é a amora de cor negra.

Elas são uma boa fonte de ferro e vitamina C. Foram e ainda são utilizadas com propósitos medicinais, pois nas amoras contém grandes quantidades de antocianinas, que são enconradas no pigmento que dá ao fruto suas cores. Antocianinas são poderosos antioxidantes que ajudam a reverter os danos celulares causados pelos radicais livres, e são úteis na prevenção de doenças cardíacas, câncer e derrames.

Por ser uma fruta rica em cálcio, a amora é muito eficaz no combate a osteoporose. As suas folhas também podem ser usadas com fins medicinais. Fazendo-se chá com elas, pode-se tratar diarreias, inflamações da boca e garganta.

Além de muito saudável, a amora é muita fruta muito pouco calórica. Apenas 52 calorias em 100 gramas. Cerca de 80% de sua composição é de água e contém boas quantidades de fibras (entre 3,5 e 4,7%). A espécie mais comum das espécies de amora, é a amora preta, que é arredondada, inicialmente vermelha e depois preta, quando bem madura.
A amoreira preta é um arbusto que pode atingir 2 metros de altura e seu caule é flexível, geralmente coberto por espinhos. As flores são rosadas ou brancas. As raízes são permanentes e delas formam as brotações que se desenvolvem, florescem e frutificam nos ramos... Evite colher a fruta usando roupas claras, pois ela deixa uma mancha azul infeliz. rsrs fora isso, a amora provou ser uma fruta incrivelmente útil à nossa saúde.
Quem diria que numa frutinha tão pequena, poderia ter tantos benefícios!

Agora, como de costume, deixarei uma pequena receita que utiliza a amora como ingrediente principal. Espero que gostem!

CHEESECAKE DE AMORA

Ingredientes:
  • 300 g de bolacha tipo maisena
  • 100 g de manteiga sem sal
  • 1 colher (sopa) de açúcar
  • 1 pitada de canela
  • 1 colher (sopa) de aveia em flocos finos
  • 1 colher (sopa) de farinha de trigo
  • 200 ml de iogurte natural
  • 1 ovo
  • 400 g de cream cheese (veja a receita do cream teese clicando aqui).
  • 1/2 lata de leite condensado
  • 350 g de geléia de amora
  • 1 limão
Modo de Preparo:
  1. Triture as bolachas até formar uma farinha e peneirar. Misturar com manteiga derretida, canela, açúcar, farinha de trigo e aveia.
  2. Coloque em uma forma (preferencialmente de aro removível) e prense com as mãos ou as costas de uma colher formando uma fina camada.
  3. No liquidificador coloque o ovo, o iogurte, o leite condensado e o cream cheese e bata até ficar cremoso.
  4. Coloque essa mistura na forma e asse em forno pré aquecido a 150 graus por 40 minutos.
  5. Depois de assado espere esfriar e leve ao freeze por 30 minutos. Retire do freezer, desenforme, coloque a geléia com o suco de limão.
No final, a receita deve ficar mais ou menos assim:

Então é isso pessoal! Até a próxima semana. 

CONFIRAM TAMBÉM:

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Wallpaper para download


Faça sua escolha:
Para baixar a imagem no formato Widescreen, basta clicar em um dos botões abaixo com a resolução de sua escolha: Após abrir a imagem, clica com o botão direito, e escolha a opção salvar.

1382x778  3024x1702

Se preferir, você pode optar pelo formato Standard, também disponível em duas resoluções. Para baixar, escolha uma das opções abaixo e siga o mesmo processo do passo anterior.

2000x1500 3000x2250

Breve, novos Wallpapers para download. Aguardem!

sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Série Frutas e Seus Benefícios: Acerola


A acerola, fruta muito comum em nosso distrito, não é nativa de nossa região. Ela tem origem nas Antilhas, América Central e no norte da América do Sul, daí o motivo de em algumas regiões, a acerola ser conhecida como "cereja-das-antilhas" ou "cereja-de-barbados".

No Brasil, o cultivo de acerolas teve um forte crescimento nos últimos vinte anos, sendo hoje uma importante cultura da nossa região, principalmente na agroindústria de polpa de fruta congela.

Como todos devem saber, a superfície da acerola é lisa ou dividida em três gomos. Ela possui três sementes no seu interior. O sabor do fruto é, na sua maioria, levemente acido e o perfume é semelhante ao da maçã.

Para quem gosta de se deliciar com o saber dessa fruta tão comum no nosso distrito, depois dessa postagem vai gostar ainda mais, pois a acerola possui várias vitaminas. Tais como a vitamina A, B1 (tiamina), B2 (roboflavina), B3 (niacina). Além disso, ela também possui cálcio, fósforo e, principalmente, vitamina C, que em algumas variedades, chega a estar presente em até 5 gramas por 100 gramas de polpa.
Pode parecer pouco, mas acreditem, não é. Este valor chega a ser oitenta vezes superior ao da laranja e ao do limão, frutas muito ricas em vitaminas C. É válido dizer que, quanto mais verde a acerola estiver, maior será a quantidade de vitamina C.

A acerola é uma fruta típica de regiões tropicais e subtropicais, pois necessita muito dos raios solares no seu processo de vida. Atualmente a nossa região, Nordeste,, é a maior produtora de acerolas do país.

A fruta sofre variação em relação a sua cor tamanho e formato, pois possui várias espécies. Ela é extremamente frágil, permanece no pé por apenas dois dias após chegar à maturação. Quanto ao sabor, podem ser doces, ácidas e super ácidas, sendo que sua utilização é maior na produção de sucos, não a restringindo a outras finalidades.

Por ser tão rica em vitaminas, a acerola é muto usado para prevenção ou tratamento de pessoas com gripe, infecções pulmonares, doenças do fígado, doenças nasais e gengivais. Em outras palavra, é uma fruta muito benéfica à saúde.

Agora, vou deixar pra vocês uma receita diferenciada de suco de acerola. Se gostarem ou souberem de novas receitas, sinta-se a vontade para deixar seu comentário logo a baixo. ;)

SUCO DE ACEROLA CREMOSO:

Ingredientes:

  • 200 g de polpa de acerola (pode ser comprada em supermercados)
  • 1 lata de leite condensado
  • 250 ml de leite
  • 1 caixa de creme de leite
Como fazer:
  1. Junte todos os ingredientes no liquidificador
  2. Bata até misturar tudo
  3. Sirva
Pronto! Como pode ver, é uma receita super simples e fácil de fazer. Espero que gostem! Até a próxima publicação da série.
...

Na próxima sexta estaremos publicando sobre Ameixa.

CONFIRA TAMBÉM:
Série Frutas e Seus Benefícios: Abacaxi (publicado dia 01/11/2013)
Série Frutas e Seus Benefícios: Acerola: (publicado dia 08/11/2013)
Série Frutas e Seus Benefícios: Ameixa (Será publicado no dia 15/11/2013)

sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Série Frutas e Seus Benefícios: Abacaxi


Essa é a primeira publicação da Série Frutas e Seus Benefícios. Como já poderam perceber, a primeira fruta de que vou falar será sobre o abacaxi. Uma fruta não tão comum aqui no distrito de Moitas, mas que com certeza é conhecida no mundo todo pelo seu sabor, benefícios e inúmeras possibilidades de uso.

O abacaxi é uma fruta tropical, nativa das regiões costeiras da América do Sul. A planta cujo nome científico é "Ananas Comosus". Daí o motivo de em algumas regiões fruta ser conhecida como Ananas ao invés de Abacaxi.

O abacaxi tem uma enorme aceitação em toda parte do mundo, desde o natural como industrializado. É um alimento rico em Vitamina C, betacaroteno e Vitaminas do complexo B, além de minerais como: Cálcio, manganês, potássio e ferro. Ele também é rico em fibras, que são importantes para uma vida saudável.

Como se tudo isso já não fosse suficiente para complementar a enorme lista de qualidades dessa fruta deliciosa e nutritiva que é o abacaxi, ele ainda contém uma enzima chamada bromelina, que segundo pesquisas, pode ajudar na redução de inflamações e também contribui para uma boa digestão. Além disso, é essencial para as pessoas do grupo sanguíneo do grupo A. Sendo rico em fibras solúveis, é ótimo para controlar os níveis de colesterol no sangue, acelera a cicatrização dos tecidos, é indicado para pedra nos rins, hipertensão arterial, anemias, sendo importante também para a perda de peso.

Agora, se você ficou com vontade de comer aquele abacaxi mas não sabe como escolher direito o que está mais no ponto, aí vai uma dica: Para escolher um abacaxi, não se pode considerar apenas a sua cor, que varia muito dependendo da qualidade. O melhor e mais simples é verificar as folhas da coroa. O abacaxi está no ponto quando elas se soltam com facilidade, mas é com facilidade mesmo, por quem tem que só falta morrer do colocar força pra puxar uma folhinha, e meia hora depois que a folha sai, diz que o abacaxi esta no ponto. kkkk. Outro método é pressionando com os dedos um determinado ponto da fruta. Se ele estiver muito duro, ainda está verde. Para que o abacaxi verde amadureça, deixe-o à temperatura ambiente, enrolado em jornal e longe da luz direta do sol. Quando ele está maduro demais, sua casca tem manchas escuras e partes amolecidas próximas à sua base.

Agora, é só pegar seu abacaxi e saborear...
Para ajudar vocês a escolher um bom uso para seu abacaxi, vou deixar uma receita que minha mãe costuma fazer aqui em casa e que eu, particularmente, gosto muito. É a de torta de abacaxi:

TORTA DE ABACAXI
INGREDIENTES:

MASSA
  • 2 xícaras (chá) de açúcar
  • 100g de margarina
  • 4 ovos (claras separadas)
  • 1 xícara (chá) de leite
  • 3 xícaras (chá) de farinha de trigo
  • 1 colher (sopa) de fermento em pó
CALDA
  • 2 xícaras (chá) de açúcar
  • ½ abacaxi cortado em fatias
MODO DE PREPARO

CALDA
  1. derreta o açúcar em uma assadeira redonda (faça caramelo)
  2. retire do fogo
  3. corte o abacaxi em fatias e distribua sobre a calda
  4. reserve
MASSA
  1. na vasilha, coloque o açúcar, as gemas e a manteiga e misture
  2. junte o leite e bata até obter um creme homogêneo
  3. adicione a farinha e bata novamente, 
  4. adicione as claras em neve e mexa para se agregar aos demais ingredientes
  5. adicione o fermento
  6. coloque a massa obtida na assadeira reservada
  7. leve ao forno pré-aquecido 180 ºC até dourar
  8. desenforme quente para não grudar
Pronto, agora é só deixar esfriar e se deliciar.

Espero que tenham gostado da publicação. Se você souber de alguma outra receita que use abacaxi, sinta-se a vontade para deixar nos comentários ou, se preferir, você também pode publicar na nossa página no Facebook. Será um prazer!

E não esqueçam na próxima sexta, teremos a segunda publicação da série. Dessa vez, a fura será a Acerola. Diferente do Abacaxi, ela é muito comum aqui.
Então é isso. até lá! Abraços pessoal

Série frutas e seus benefícios:

Abacaxí: publicado dia 01/11/2013
Acerola: será publicado no dia 08/11/2013