sexta-feira, 27 de março de 2015

Quarto Dia de Manifestação em Moitas - Reunião é Feita Para Acordos.

Na tarde dessa Quinta-Feira (26), Moitas teve um dos momentos mais importantes em sua manifestação para pavimentação da estrada que interliga Icaraí / Moitas. Estrada esta que já não hoje que vem causando muitos problemas aos veículos e principalmente aos moradores do distrito, dificultado viagens, tratamentos médicos e até provocando casos de acidentes gravíssimos ou mesmo o dificultando o atendimento de pessoas que precisavam urgentemente de socorro médico e tiveram que se deslocar até a sede do município ou mesmo a Itapipoca.


O protesto já vinha tendo uma boa participação da comunidade, porém hoje a aglomeração de pessoas foi um tanto maior. Vieram pessoas até mesmo de outros distritos para ajudar na reivindicação. O movimento também teve o apoio dos alunos da escola Jonas P. Azevedo que vieram em peso para o local junto com professores, coordenadores e até mesmo a diretora. Todos esses juntos aos demais fizeram do dia de hoje um dos mais movimentados até o momento.





Logo por volta das 15h30min todo o grupo de pessoas se dirigiram até o local onde os membros da empresa ficavam para realizar reuniões e coisas do gênero, onde lá seria feito acordos com ambos os lados (empresa e manifestantes) para decidir qual a melhor decisão a ser tomada no momento.

Todos se dirigiram até o local deixando a rua desbloqueada, o que logo foi refeito pois assim que os manifestantes chegaram ao local da reunião, um caminhão trazendo equipamentos de manutenção para a empresa se dirigiu ao local para furar o bloqueio anteriormente protegido pelos moradores, o que os deixou muito irritados fazendo com que vários retornassem ao local e obrigassem o motorista do veículo que retornasse, do contrário teria os pneus do caminhão estourados. O motorista retornou sem questionar.

Na mesma hora que isso acontecia, os representantes principais da manifestação junto com o prefeito de Amontada, Paulo Cesar, estavam falando com um dos representantes da empresa sobre o assunto, de que o fato do caminhão ter aproveitado que os moradores tinham saído do local do protesto para avançar o bloqueio, foi um desrespeito com a população local.

O representante da empresa alegou que o mesmo, não sabia que o protesto estava ocorrendo e disse que seria pedido para que o retorno fosse feito.


Após tudo resolvido a respeito do caminhão, foi solicitado que apenas algumas pessoas fossem chamadas para entrarem em sala e iniciar a reunião. Foram selecionadas as pessoas que estavam a frente do movimento e mais algumas outras que estavam no local, totalizando 11 pessoas. Dentre elas o senhor prefeito Paulo Cesar, a vereadora Adriana Couto, o representante local Valdemir, a Diretora da escola Valdeíres e mais uma das representantes, Fernanda Ribas, entre outros...


A reunião teve início por volta das 16h30 e terminou as 19h00. Nela foram tratados diversos assuntos dentre eles, o fato de que os atuais membros da empresa que não eram os mesmo que tinham se comprometido a fazer a estrada no dia reunião. (reunião esta em que os representantes da empresa se prontificaram a fazer a pavimentação da estrada, mas que nunca saiu do papel)... Assista o vídeo a seguir para mais detalhes...




Como já falado no vídeo pelo Dr. Camilo - Superintendente de Operações da empresa, eles tentaram entrar em contato com a empresa em São Paulo o que dificultou a conclusão total do assunto, porém se comprometeu em tentar resolver o problema antes de sua volta. Amanhã, às 9h uma nova reunião será feita com os mesmos integrantes dessa primeira para tentar cuidar de todos os assuntos que ainda faltam para serem resolvidos antes do inicio das obras.

Aparentemente, tudo está contribuindo para que, dessa vez, Moitas consiga sua estrada pavimentada. Agora é aguardar e esperar por novas informações.


Nenhum comentário:

Postar um comentário